O que é a entrevista por competências?

Você sabia que a entrevista por competências ou entrevista comportamental e uma ferramenta utilizada em diversos países?

Em inglês é chamada de “Competency-based interview” e os profissionais de R&S e empresas tem se interessado cada vez mais por ela, como uma forte aliada na hora de avaliar as competências dos candidatos, especialmente comportamentais.

Aplicando a técnica é possível reduzir consideravelmente a subjetividade nos processos seletivos e tomar decisões mais consistentes sobre qual profissional contratar.

 

Quais são as diferenças entre entrevistas normais e baseadas em competências?

Entrevistas normais ou não estruturadas são mais parecidas com uma conversa em que os entrevistadores fazem algumas perguntas relevantes para o que procuram, para obter uma visão geral do candidato. As perguntas geralmente são aleatórias e às vezes muito abertas. Por exemplo, uma pergunta como “O que você pode oferecer à nossa empresa?” reúne informações gerais, mas não testa nenhuma habilidade ou competência específica.

Em uma entrevista não estruturada, o candidato é julgado pela impressão geral que deixa; portanto, é provável que o processo seja mais subjetivo.

Entrevistas baseadas em competências ou entrevistas estruturadas ou comportamentais são mais sistemáticas, com cada pergunta direcionada a uma habilidade ou competência específica. As perguntas são usadas para explorar o comportamento em circunstâncias específicas, seguidas de exemplos concretos para demonstrar claramente as competências. Os entrevistadores podem se aprofundar nos exemplos, pedindo explicações específicas sobre o comportamento ou as habilidades do candidato.

Quais os benefícios da entrevista por competências?

Pesquisas demonstram que técnicas de entrevistas sem foco levam a um grande número de contratações insatisfatórias a cada ano, cada uma custando o equivalente a cerca de um quinto do salário do cargo. A contratação da pessoa errada pode resultar em trabalho abaixo do padrão e prazos perdidos. Você pode achar que precisa gastar em mais treinamento e desenvolvimento do que o planejado. Portanto, entrevistas baseadas em competências podem ajudar as organizações a evitar essa ineficiência, concentrando esforços nos estágios iniciais do recrutamento.

Os rigorosos critérios de seleção garantem que você possa identificar e eliminar candidatos que tenham uma visão distorcida de suas habilidades e elimina a necessidade de confiar em uma “impressão” subjetiva.

Tanto a organização quanto seus funcionários podem se beneficiar. Afinal, o profissional selecionado ficara muito mais feliz em um trabalho no qual ele tem competências compatíveis. Por outro lado, um candidato pode descobrir, antes de se comprometer com uma função que não gostaria de trabalhar naquela posição e economizará tempo e dinheiro a longo prazo se optar por deixar o processo.

É um processo transparente e baseado em evidências que utiliza critérios específicos para testar todos os candidatos de maneira igual, justa e consistente.  

As entrevistas baseadas em competências podem ser usadas para avaliar com precisão se um candidato possui as habilidades, conhecimentos e atitudes necessários para desempenhar uma função específica. Eles podem ser particularmente úteis para ajudar as organizações a melhorar a transparência de seus processos de recrutamento, reduzir custos e rotatividade de funcionários e melhorar a satisfação no trabalho.

 

Quais habilidades e competências são testadas pelas entrevistas com base em competências?

As entrevistas baseadas em competências podem ser usadas para testar uma variedade maior de habilidades e competências em vários níveis.

Por exemplo, para uma posição administrativa, habilidades e competências podem incluir habilidades de comunicação, organização, priorizar e trabalhar sob pressão. Para uma função gerencial, habilidades e competências podem incluir influenciar e persuadir outras pessoas, lidar com o estresse e gerenciar efetivamente a pressão, assumir riscos e liderar outras pessoas.

Segue uma lista com exemplos de habilidades e competências mais comuns que são solicitadas por diversas vagas e que podem ser avaliadas de forma objetiva na entrevista por competências:

  1. Adaptação
  2. Comunicação
  3. Solução de conflito
  4. Criatividade e inovação
  5. Tomada de decisão
  6. Delegação
  7. Flexibilidade
  8. Capacidade de influenciar pessoas
  9. Integridade
  10. Liderança
  11. Resiliência
  12. Trabalho em equipe
  13. Foco no cliente

Que tipo de perguntas podem ser feitas na entrevista com base em competências?

As perguntas da entrevista por competência devem solicitar que o candidato dê um exemplo sobre uma situação relacionada a competência que precisa ser avaliada.

Por exemplo você pode pedir para o candidato:

  1. Dê um exemplo de uma situação em que você teve que lidar com um conflito.
  2. Conte-nos sobre uma situação em que você tomou uma decisão e depois mudou de ideia.
  3. Descreva uma situação em que você teve que trabalhar para finalizar um trabalho em um curto período de tempo.
  4. Como você reage quando alguém contraria suas ideias ou opiniões e dê um exemplo em que isso tenha acontecido.
  5. Dê um exemplo de algum problema muito difícil que você tenha resolvido para o cliente.

 

Mas lembre-se, para ter sucesso na entrevista por competências é fundamental que o entrevistador tenha clareza de quais competências precisa avaliar e porque elas são importantes para aquela posição.

Elaborar as perguntas de forma correta é apenas uma pequena parte do processo de aplicação da entrevista por competências.

Saber interpretar as respostas dos candidatos também é fundamental, para ter certeza que estão apresentando ou não as competências que você está buscando.

 

Estude e aplique a entrevista por competências e revolucione sua carreira!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *