outono-fran

Melhoria contínua e inovação em Recursos Humanos

Por Franciele Giacomel

 

Hoje andando pela rua me deparei com esta maravilha da natureza. As mudanças de cores trazidas pelo outono me fizeram pensar como a mudança é realmente compulsória em toda a natureza. E lembrei das mudanças que ocorreram na minha vida nos últimos anos. Apesar de não ter planejado muitas delas, sou o tipo de pessoa que gosta de aprender coisas novas, melhorar e ver resultados diferentes. E aprendi que para obter resultados diferentes, precisamos mudar.

 

Na minha carreira em RH não foi diferente. Sempre acreditei que, mesmo que não pudéssemos fazer uma grande mudança, ou por falta de dinheiro ou por diretrizes da organização, eu poderia fazer algo diferente nos meus processos, nas coisas pequenas, naqueles processos que já viraram rotina, que ninguém presta muita atenção.

 

E foi fazendo isso que tomei gosto pela inovação e desenvolvi a habilidade para a melhoria contínua, sempre querendo mais.
As pequenas mudanças que nem sempre são valorizadas nos levam em direção às grandes mudanças e mantém nossa mente ativa para a criatividade e inovação.

 

Por isso é importante olhar para a rotina de forma diferente. Por isso, crie o hábito de perguntar todos os dias:

➡️ será que esse processo pode ser melhor? E mude pelo menos uma linha.
➡️ será que essa pergunta aos candidatos é a melhor? E mude pelo menos uma pergunta.
➡️ será que esse método de dar feedback é bem recebido pelo candidato? E mude duas palavras.

 

E assim começamos a sentir uma vontade compulsória de ser agentes de mudanças, inovação e melhoria contínua.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *