Qual a função de um Multiplicador de Treinamentos?

Esta é uma dúvida comum, afinal, qual a diferença entre facilitador, instrutor, professor, educador e multiplicador?

Para resumir, o multiplicador é o profissional de qualquer área, que tem um conhecimento técnico aprofundado sobre determinado tema e precisa repassá-lo para outros membros da equipe, clientes ou parceiros. Assim desenvolve determinadas competências que irão colaborar nesta “empreitada”.

Um bom exemplo é o profissional de contabilidade que precisa repassar para sua equipe e clientes, as principais mudanças nos processos, para implementação do eSocial.

Ele não tem como objetivo tornar-se professor, facilitador ou educador. Ele deseja continuar com seu trabalho como contabilista, mas precisa de competências que facilitem sua tarefa em disseminar este conhecimento e engajar as pessoas a aplicá-lo.

Outro exemplo é o Técnico em Segurança do Trabalho, que precisa repassar seus conhecimentos e garantir o engajamento dos colaboradores, para atingir seu objetivo maior na implementação de novas atitudes em segurança.

Alguns outros exemplos: profissionais de Tecnologia da Informação que precisam treinar os usuários. Profissionais de vendas, atendimento, qualidade, recursos humanos, entre outros.

Para coordenar uma reunião ou palestra com eficácia, este profissional precisará de conhecimentos sobre aprendizagem de adultos (Andragogia), comunicação (verbal e não verbal), relacionamento interpessoal e planejamento (de treinamento, reunião, aula, palestra, workshop,etc.). E também buscar o autoconhecimento, imprescindível para uma boa atuação como multiplicador.

Outro ponto importante diz respeito ao engajamento, pois a atenção dos participantes pode ser prejudicada por diversos fatores. Então o uso de ferramentas interessantes que existem no mercado (tecnológicas ou artesanais), colaboram para um melhor aproveitamento.

Um treinamento/ evento bem planejado é certeza de resultados positivos, ou seja, aplicação do conhecimento adquirido, em sua realidade, na empresa.

Para desenvolver estas competências e colaborar com este profissionais, temos o curso “Multiplicadores de Treinamentos”, que é ministrado periodicamente na Self Treinamentos, ou realizado internamente em empresas.

Se o profissional se afeiçoar à atividade de ensinar (o que é muito fácil acontecer), pode prosseguir aprofundando seus estudos e desenvolver-se como instrutor, facilitador ou educador.

Espero ter colaborado para o entendimento desta nova “profissão” que tem sido muito requisitada pelas empresas: Multiplicador de Treinamentos.

Silvana Ferreira.

Silvana Ferreira

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *